29.8.07

- menina, pra onde vais caminhando assim?
- vou colocar a minha estrela nova no céu.
- já conseguistes uma nova?
- já sim! Quando se é amor dos pés a cabeça é mais fácil dar origem a estrelas, elas nascem com mais facilidade.
- e desde quando o amor combina com o caos, menina?
- desde que a necessidade de ganhar outros horizontes persiste. As asas não quebraram não, seu moço. Tem uma muita cor ainda pra descobrir nesse mundo, posso ficar parada não. É bom ter estrela logo na mão, deixar quietinha no céu pra brilhar quando me pego olhando e tratar logo de dar continuidade as piruetas, aos pulos de alegria.
- mas, menina, tu não te importas com o perigo? Não consegues enxergar que mesmo as estrelas, essas preferidas tua, podem deixar de brilhar quando menos esperas?
- não, seu moço, não. As estrelas que eu botei no meu céu vão brilhar até quando existir a luz delas, não adianta forçá-las a ter um brilho eterno. Elas brilham porque eu as alimento de amor e enquanto eu existir, elas iluminarão o meu caminho. Quanto à nova, é mais um pedaço de mim que ponho no céu, ela pode brilhar, apagar, luzir mais forte, mas a certeza de que ela estará guardadinha lá não mudará, ela não deixará a minha vontade de voar perder-se por aí. Compreendes?
- compreendo menina. Se tu dizes que sabes por onde andas e se as tuas asas ainda são suficientemente fortes para te sustentar, vai. Mas voa longe, vai descobrir as novas sensações que esperam por ti ali na esquina.
- eu vou! E deixa eu ir logo que daqui a pouco o sol se põe e eu ainda tenho que virar poesia, seu moço.


sambando ao som de : eu só sei que amei, que amei, que amei ...

7 comentários:

yara b . disse...

e nada supera a discrição indiscreta de as estrelas nos vigiarem sempre brilhando muito...

Gabriele Fidalgo disse...

A necessidade de ganhar outros horizontes persiste e grita e isso é tão bom, Clara.
Aliás, com esse sorrisão aí da foto é quase que impossível de acreditar que por algum momento as suas asas se quebrariam. Se isso acontecer, elas crescerão de novo. =]

Beijo Beijo
E esse blog aqui vai bombar viu!? huauh

(...) Bê disse...

Saudações menina Clara! ^^

[aia...dei cada suspiro leve lendo tudo aqui rs]

"As estrelas que eu botei no meu céu vão brilhar até quando existir a luz delas, não adianta forçá-las a ter um brilho eterno."

Pq algumas coisas vão durar o tempo necessário pra serem mesmo inesquecíveis...um agora, um pouco, um muito ou quem sabe um pra sempre ^^

Luiz Coelho disse...

uma bela fábula!

Um dedin de mim disse...

^^

;]

nossa,
essas palavras salvaram meu dia
juro...hehe

eu tb acho q isso aqui vai bombar
bjin

Ni disse...

Feliz da lua, que pode ter perto todas essas estrelinhas no céu!
Por vezes, tenho a sensação de que se eu esticar os braços bem forte e bem longe e bem amor, ainda consigo uma estrela pra mim!
Por enquanto, elas estão lá. Mas tem uma, tem uma, que... Nossa, essa clareia o meu sorriso até quando é luz do dia!

:*

thai disse...

maria, maria, é um dom
uma certa magia
uma força que nos alerta!