30.1.09

Are you wondering now?



"Leva tudo, eu deixo. Pode levar essa tua camisa azul que eu tanto gosto, pode levar teu abraço apertado que me diz, baixinho, todas as palavras que eu preciso ouvir. As tuas poesias, os livros e tuas opiniões sobre aquele autor que quase ninguém conhece, mas é o meu preferido.
Leva também tuas certezas sobre mim, o quanto você me acha bonita e as tira as tuas mãos do meu corpo que é tão teu. Tem os teus sorrisos e todas as linhas destinadas a essa loucura que foi nós dois na gaveta, não esquece. Não esquece as esperanças e os planos para um futuro próximo no canto da sala, coloque-os na sua mala cheia de sei lá o quê ou eles irão para o lixo. Todo esse redemoinho teu que parece ser infindável e esse teu medo da minha intensidade, leva, leva tudo e nem deixa rastro. Toma os beijos, o carinho e as minhas teorias construídas com minhas mãos nas tuas. Nem pensa em deixar esse som aí, pois o teu cd, nesse quarto, não tocará mais. Meu medo também podes levar junto com minha caixinha de desculpas esfarrapadas, eu deixo, não farão falta, muito menos as tuas tentativas de me decifrar. A tua mala precisa do tempo que demorei a falar em paixão, precisa dos nossos passos e do silêncio, dos caminhos que eu faço diariamente. Precisa desse nó que está na minha garganta, desse cigarro que apaga logo e do meu cheiro. Sem preocupação demais com as minhas letras, elas não te perseguirão, fique tranqüilo. Suas citações estão em cima da mesa, prontinhas e embrulhadas, a sua espera. A madrugada se aproxima do lado da minha insônia tão conhecida, quer levá-las?




Quer ir embora? Vai.


Faz logo essas malas e leva tudo o que precisas para o teu próximo fracasso.

Só não leva essa minha tendência de me jogar de corpo e alma.

Isso fica comigo. "








10 comentários:

Erica Marie disse...

Minha amiga linda...sabe que este texto me caiu como um vestido vermelho sobre o corpo e a alma?

Lindo :)

Bjs :)

Leo Durval disse...

bravo!

Lih disse...

Muito lindo e puro.
=D

Fernanda Cozendey disse...

muito bom; mesmo

beeijos

João Paulo Parisio disse...

Como se faz pra ler os seus posts anteriores?

Clarissa disse...

quanta beleza. ai.

juju_caty disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Asas, sonhos e coração... disse...

Essa nossa tendência ninguém leva... Nem que quisessem muitooooooo!

Minha florzinha que brilha mais que qualquer estrela... =)

Saudade de tu!
Fica passeando no fds e me abandona...huauhauhauha to brincando...

Bjs enormes!

Ps- a Sophia tem mesmo que bater um papo ctg...

Ruberto Palazo disse...

Cair de corpo e alma é a logica sem nexo do amor, que muitas vezes vai embora e nos tira tudo, mas nao tira nossa vontade de encontrá-lo novamente....

Beijos

J. Caribé disse...

Menina Clara, realmente. As pessoas podem levar quase tudo, a gente reconstrói. Mas a essência, essa não devemos permitir que ninguém sequer toque.
Muitas saudades daqui!
Um beijo.