18.9.08

Momento claro, no escuro

Esqueci de te falar o quanto me marcou o teu olhar. Como marcou o modo exato, rápido e intenso que encarasses os meus olhos. Tudo parou, apenas meus pés obedeciam a um movimento (in)voluntário de descer as escadas. Eu estava vidrada em você, congelada naquele segundo de história compartilhada, adentrando na tua imensidão verde, tentando acompanhar tuas partituras.
Ah, esqueci de te dizer que apesar da nossa distância planejada, dos nossos encontros casuais, faço questão de te guardar. Colher teu sorriso bonito, teu violino desajeitado e a tua espontaneidade transbordante para dias quentes e imprecisos. Me trazes uma energia incomparável, típica da tua alma desengonçada.
Mesmo de longe, mesmo apenas abraços para aquecer noites chuvosas e de samba, mesmo qualquer jeito encabulado, até no escuro... te ter na minha vida é um grande motivo para sorrir.
Você ilumina, nasceu para ser luz, laço, lua, L..

9 comentários:

Camilinha disse...

ai menina. é lindo teu palavreado. chega me dói aqui não sentir como tu. essa imensidão de palavrões, cada um mais bonito que outro, que brota daí de dentro, e transborda aqui pra fora...


beijos daqui...

Sunflower disse...

musicos, tsc tsc tsc

beijas

♥cinderela♥ disse...

LINDO TEXTO!!!!

Ká. disse...

Lindo Clara...

thai disse...

musicos, tsc tsc tsc [2]


haha

Juh... disse...

suas palavra pareecem escolhidas como notas musicais....
se encaixam
se afinam
se harmonizam

lindo!

Thaís Nóbrega disse...

oi!
haha

ê!

imnotinsane disse...

Amei o texto...!
Distância... Disse-me muito este texto, neste momento...
***

disse...

Encontro de dois seres...

Sorrisos

Bjo