17.2.09

Qualquer coisa que seja saudade



Hoje é o dia de tirar do armário aquele teu sorriso para os dias de chuva e sair por aí com uma certeza estranha de paz.
Mesmo agora, quando tudo é poeira, o teu sorriso continua invadindo minha
alma.

Com Morning Yearing, do Ben Harper

9 comentários:

Carla P.S. disse...

Hoje, casualmente, eu sinto essa paz indefinida (sem saber-se do motivo). E chove também, aquela chuva de, como diz um amigo, "molhar bobo". Mas boa pra dormir. a brisa fresca do verão que não abusa, uma manhã que tá no fim..Aceite um café. Beijos.

disse...

Nada como a chuva pra baixar a poeira.

Bjo

M. disse...

Hoje também amanheceu chovendo na cidade que moro..estranhamente, serviu para acalmar meu coração que anda meio sem sal esses dias. srsr

Bjosssssssssssssss!!

O Profeta disse...

As estrelas são o brilho dos olhos
Dos anjos amigos de um Deus total
Caem ao mundo em forma de lágrimas
Dão ao mar o sabor do sal


Bom fim de semana


Bom carnaval

Mágico beijo

Sinta o que Eu Sinto disse...

acho que chegamos a tal lugar pq alguma coisa pede pra que vc veja aquilo. e pqp. eu precisava ler só o finalzinho desta frase pra entender meus últimos meses.
Brigada por ser uma luz, mesmo sem saber que a é.
saudade de passar por aqui, e agora vi porque.

Bernardo Sampaio disse...

Hoje é dia de se divertir e esquecer.
Mesmo que seja, esse teu escrito me lembra algo desse espírito de carnaval.

E valeu pelo elogio lá no meu blog.
Adoro isso, é um estímulo.

Beijos.:)

Reeh disse...

nada como removar os sorrisos...
gostei q td por aki.. bjcas

Sunflower disse...

só porque você é foda.
só por isso.

e, ah, porque você fica bem de biquini verde.

blargh.

beijaaaas.

Salve Jorge disse...

Depois que tira
Atira
Rumo à pira
Teu sorriso chuvoso
De fazer pouso
Em campo frondoso
Que poeira pra alma
È equilibrar-se na beira
Da palma
Sem eira...