9.3.09

Era outono e nessa época as árvores têm a mania de perder as folhas. Dói, sabe? Você tenta de um lado juntar as folhinhas que já caíram no chão, do outro segurar aquelas que ainda não ameaçaram cair. É um sufoco, só você vendo.

Olhando atentamente para essa árvore, me veio à lembrança de quando me fostes arrancando, uma a uma, as minhas pétalas. Doía, chegou até a sangrar nas pontas. Eu argumentava, chorava, gritava, no entanto, vendo que não ia adiantar todo o alarde e que ias continuar dilacerando tudo o que fosse poesia e estivesse firmemente preso ao chão, decidi calar-me e, simplesmente, acompanhar teu prazer louco de me ver nua, crua.

Pensavas que por debaixo das pétalas apenas encontrarias um tronco destroçado, prestes a ruir.
Para teu espanto, jorrou amor, por tudo o que era lado.

É que eu sou feita de amor
e isso ninguém muda.

7 comentários:

Sunflower disse...

É exatamente no outono que as folhas são douradas. De ouro.

Beijaaas, linda!

...loucos apontamentos disse...

Também é no outono q se começa a renascer...embroa a primavera leve td o credito...

Fleur Anonyme disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leandro BLuz disse...

Sem comentários !

muito bom !

Thaís Nóbrega disse...

ela é tão pouco criativa, né?
acaba por colocar "flor" no meio do nome do blog... haha
acaba se entregando assim...

Beija Flor disse...

Clara, hoje pela manhã Deiverson conversou comigo e me contou sobre a sua desconfiança sobre o anônimo ser ele. Ele, por sua vez, jogou a desconfiança em cima de mim. Eu, por minha vez, não tenho como me defender. Limito-me a pedir que não respondas mais como se ele fosse o autor das palavras, para que não tenhamos confusões. Respondas a mim, se quiseres, se assim também caminhar a tua desconfiança. No mais, gostaria que não prolongássemos mais este assunto. Porém, se assim desejares, cá estão meus contatos:

celular: (81) 8854-2281
e-mail: a.mim.mesma@gmail.com
orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=10913569617149331903&rl=t
msn: a.mim.mesma@gmail.com

Sem mais!

Beija Flor disse...

Oh, sim, quase me esqueço: O nome é Jaque.